RSS

Entenda por que o CONAR Proibiu comercial do Refrigerante Schin.

22 abr

“Toda família tem um primo sem noção” foi com essa frase que a agência Lew Lara criaram essa divertida e criativa propaganda para a o Refrigerante Schin, o anúncio mostra uma pessoa inconveniente chamado de “primo sem noção”, em que ele comete uma série de gafes ao conversar com a família, e em determinados momentos destas gafes o primo sem noção aborta a esterilidade do casal, revelando ao filho que ele foi adotado, e provocando o choro da criança.

Image

O CONAR começou a receber muitas denúncias sobre a propaganda e até que então um Grupo de Consumidores e a ANGAAD ( Associação Nacional de Grupos de Apoio à Adoção) resolve também acionar o órgão pedindo a proibição do vídeo na TV, o grupo alegou ao CONAR que o vídeo é preconceituoso e denegridor do processo de adoção, o aspecto que é questionado é justamente o choro da criança ao descobrir pelo “primo sem noção” que ela foi adotada, e o grupo alega que desta forma o comercial provoca uma crença em que a adoção é indesejada e constrangedora.

O Anunciante e a agência Lew Lara defenderam-se da denúncia, argumentando que a intenção da denúncia não foi inferiorizar o filho adotivo em muito menos a mulher, que no caso ela é estéril e tem dificuldade de engravidar, e sim que o intuito da campanha é passar uma linguagem bem-humorada, para mostrar que toda a família tem um parente que provoca certas situações embaraçosas.

Por unanimidade os membros do conselhos acataram o parecer do relator em que o mesmo argumentou que a propaganda é feita de modo estabanado, tornando a peça muito desrespeitadora, e irresponsável socialmente e não educativa, e com o parecer do relator e a unanimidade do Conselho de Ética em que os mesmos concordaram com a censura da propaganda, a mesma foi retirada do ar.

Confesso que achei muito engraçada a propaganda nas primeiras vezes em que assisti, mas quando fui atrás de tentar entender o por que foi censurada, é de se entender o motivo que os levaram ao grupo de consumidores e também a ANGAAD a ir atrás do órgão e pedir a censura da campanha do refrigerante Schin.

 
Deixe um comentário

Publicado por em abril 22, 2012 em Uncategorized

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: